Prefeitura encerra atividades da Semana do Livro Infantil nesta sexta-feira (17)


cartaz

Encerra nesta sexta-feira (17) a programação da Semana do Livro Infantil na Biblioteca Municipal José Sarney, organizada pela Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func). O objetivo do evento é estimular a leitura e celebrar os dias Internacional e Nacional do Livro Infantil

“Ano passado, levamos atividades para 12 escolas públicas da cidade. Este ano, vamos encerrar nossa programação com uma grande ação na Praça do Viva Bairro de Fátima que envolverá toda comunidade, além de cinco escolas públicas do estado, município e do bairro, nesta sexta-feira, com a presença do patrono da Feira do Livro do ano passado, o escritor Wilson Marques”, disse a coordenadora da Biblioteca Municipal, Rita Oliveira.

Nesta quarta-feira (15), crianças das escolas comunitárias Bethel e Educandário Manoel da Conceição, do Bairro de Fátima, participaram das atividades. Dentro da biblioteca, foi montado um espaço com livros famosos de Monteiro Lobato e Hans Christian Andersen, escritores homenageados na exposição, que conta com livros raros, como uma edição de luxo da obra “Sítio do Pica Pau Amarelo”. Em todos os dias da programação, escritores convidados participam das atividades falando sobre seus livros com as crianças.

A escritora do livro “O gato que queria ser sapo”, Cleo Rolim, foi um deles. Autora de dois livros infantis, ela contou para as crianças a história de Gatusco, um gato que se percebe diferente dos outros, encontrando identidade entre uma comunidade de sapos. “O livro fala sobre o respeito às diferenças, sobre tolerância e identidade”, disse Rolim.

Durante o bate-papo, Cleo Rolim explicou a importância da leitura ainda na infância, a relação entre leitura e escrita e sobre o ofício de escritora. “A escritora vem depois da leitora. Quem lê muito, escreve bem. Antes de escrever para uma criança eu escrevo para mim mesma”, completou.

Ao final da conversa, oito livros foram sorteados entre os alunos. Morador da comunidade onde está instalada a biblioteca, o estudante Geovanne de Oliveira, de 9 anos, foi um dos sorteados e disse ser frequentador assíduo do espaço. “Eu sempre venho à biblioteca. Gosto muito dos livros daqui. O último que eu li foi a história da mula sem cabeça”, lembrou.

A programação conta ainda com contação de história, jogos de leitura e apresentações teatrais. A biblioteca também deu início a uma campanha de doação de livros e a expectativa para o próximo ano é ampliar as atividades da Semana do Livro Infantil para outros espaços.

Confira a programação desta sexta-feira (17):

. Dia 17/04 – 15h às 18h (Praça do Viva Bairro de Fátima)

– Espaço de leitura;
– Lançamento e relançamento coletivo de obras de autores maranhenses;
– Bate-papo com patrono da 8ª FeliS, Wilson Marques
– Apresentação de espetáculo infantil

Prefeitura promove Semana do Livro Infantil na Biblioteca Municipal


unnamed

 

A Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura e Biblioteca Municipal José Sarney, promove, entre os dias 13 e 18 de abril, a Semana do Livro Infantil, com atividades voltadas para crianças e jovens. A programação acontecerá na sede da Biblioteca Municipal e encerrará na Praça Viva Bairro de Fátima, além de visita ao Hospital da Criança, no bairro da Alemanha.

No espaço da biblioteca, será montada exposição em homenagem aos dois maiores escritores de livros infantis no mundo e no Brasil, Hans Christian Andersen e Monteiro Lobato. A programação contará com jogos culturais, contação de histórias, apresentações teatrais, lançamento de livros e mediação de leitura, com atividades das 8h30 às 10h30.

“A leitura é o principal instrumento de transformação social e cultural. Promover atividades de incentivo à leitura para as crianças é possibilitar uma formação cultural ampla, e esta é uma das principais metas da Biblioteca Municipal. Um espaço para a população que precisa ter mais visibilidade”, afirmou o presidente da Func, Marlon Botão.

O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, também destacou a importância do incentivo à leitura para os educandos. “O universo literário proporciona às crianças o exercício do lúdico e do fantástico, o desenvolvimento da criatividade e dos aspectos cognitivos, todos fatores indispensáveis para o desenvolvimento integral das habilidades de nossas crianças,”, disse o titular da Semed.

Além das atividades de mediação de leitura, a programação terá a presença dos escritores maranhenses de livros infantis e do patrono da 8ª Feira do Livro de São Luís, Wilson Marques. Na ocasião, os escritores vão sortear os livro, com sessão de autógrafos. “O livro desperta o prazer pela leitura e se torna uma importante ferramenta de construção de valores e experiências. Ser escritor de literatura infantil é uma missão”, declarou o escritor e bibliotecário Márcio Almeida.

Na sexta-feira (17), a programação acontecerá na praça da igreja católica do Bairro de Fátima (Viva Bairro de Fátima), às 15h, com exposição de livros, apresentação teatral, bate papo com os escritores e distribuição de livros.

No sábado (18), a programação encerra com visita às crianças do Hospital da Criança, no bairro da Alemanha, com a presença dos personagens Emília e Visconde, do livro Sítio do Pica Pau Amarelo e distribuição de livros infantis.
“Durante a programação, nós vamos promover também uma campanha de doação de livros de literatura que serão distribuídos para as bibliotecas comunitárias da cidade”, ressaltou a coordenadora da Biblioteca Municipal, Rita Oliveira.

A programação da semana do livro infantil é coordenada pela Fundação Municipal de Cultura (Func), por meio da Biblioteca Municipal José Sarney, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a Universidade Federal do Maranhão.

MÊS DO LIVRO INFANTIL

O dia 2 de abril é dedicado internacionalmente ao livro infantil pela data de nascimento do escritor Hans Christian Andersen. Considerado o primeiro autor a adaptar fábulas para a linguagem do livro infantil, o escritor é autor de obras mundialmente consagradas, como “O Patinho Feio”, “Soldadinho de Chumbo”, “A Pequena Sereia”, entre outros.

No dia 18 de abril comemora-se nacionalmente o Dia do Livro Infantil em homenagem ao nascimento de Monteiro Lobato. O escritor foi o primeiro a perceber a necessidade de inserir elementos da cultura nacional nas histórias para as crianças, além de ser considerado um dos precursores da literatura paradidática. É criador dos personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo, uma das obras mais famosas e eternizadas em programas de televisão.

A Biblioteca Municipal fica localizada na Rua do Correio, s/n, Bairro de Fátima.

PROGRAMAÇÃO

Dia 13/04 – 08h30 às 10h30

Escola convidada: CE Antonio Jorge Dino

. Exposição em homenagem a Monteiro Lobato
. Jogos culturais e dinâmicas de leitura
. Lançamento de livro e bate papo com escritores Daniel Victor, João Marcelo e Dilercy Adler
. Hora do conto
. Oficina de criatividade
. Sorteio de livros

Dia 14/04 – 08h30 às 10h30

Escola convidada: UEB São Sebastião

. Exposição em homenagem a Monteiro Lobato
. Jogos culturais e dinâmicas de leitura
. Lançamento de livro e bate papo com escritores Marcio Almeida e Francimeire Cavalcanter
. Hora do conto
. Oficina de criatividade
. Sorteio de livros

Dia 15/04 – 08h30 às 10h30

Escola convidada: Educandário Manoel da Conceição Pinheiro Sobrinho

. Exposição em homenagem a Monteiro Lobato
. Jogos culturais e dinâmicas de leitura
. Lançamento de livro e bate papo com escritora Cleo Rolim
. Hora do conto
. Oficina de criatividade
. Sorteio de livros

Dia 16/04 – 08h30 às 10h30

Escola convidada: CE Rosário Nina

. Exposição em homenagem a Monteiro Lobato
. Jogos culturais e dinâmicas de leitura
. Oficina de desenho
. Hora do conto com o arte-educador André Lobão
. Oficina de criatividade
. Sorteio de livros

Dia 17/04 – 15h às 18h

Atividade de Encerramento: Praça do Viva Bairro de Fátima

. Espaço de leitura;
. Lançamento e relançamento coletivo de obras de autores maranhenses;
. Bate-papo com patrono da 8ª FeliS, Wilson Marques
. Apresentação de espetáculo infantil

Dia 18/04 – 9h às 10h30

Atividade de Extensão
Hospital da Criança
. Visita aos leitos com a presença dos personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo (Emília e Visconde)
. Hora do conto
. Distribuição de livros

Prefeitura promove oficina de cerâmica para jovens no Novo Angelim a partir desta segunda-feira (13)


Promover a inclusão social de jovens por meio da produção de cerâmica. Esta é a proposta da oficina “Mãos que Transformam”, que tem início nesta segunda-feira (13) e prossegue até o mês de agosto, na Igreja Presbiteriana do bairro Novo Angelim. O curso é uma iniciativa da Prefeitura de São Luís, por meio da Galeria Trapiche Santo Ângelo, equipamento cultural da Fundação Municipal de Cultura (Func), em parceria com a igreja presbiteriana.

“A Prefeitura tem ampliado as ações transversais para o fortalecimento do protagonismo social dos cidadãos. A profissionalização destes jovens possibilitará a geração de emprego e renda, por meio da oficina, dando a eles mais qualidade de vida e sustentabilidade”, destacou o presidente da Func, Marlon Botão.

As inscrições são gratuitas, com 15 vagas para jovens da comunidade do Novo Angelim. A oficina acontecerá no horário das 14h às 17h, às segundas, terças, quartas e quintas-feiras, na sede da igreja, localizada na Avenida Paulista, s/nº, bairro Novo Angelim.

Ministrada pelo artista visual Uiran de Oliveira, funcionário da Galeria Trapiche, as aulas terão o acompanhamento de assistentes sociais e psicólogos no suporte à parte pedagógica do projeto. As cerâmicas produzidas serão comercializadas ao longo da oficina.

“Os alunos inicialmente terão aulas de desenho com professor do Centro de Artes Japiaçu (CAJ) e as cerâmicas produzidas serão comercializadas pelo Instituto de Desenvolvimento do Artesanato do Maranhão (IDAM), que também é parceiro nossos nesse projeto”, informou Uiran.

A proposta integra a programação anual de 2015 da Galeria Trapiche. “Com esta oficina, iniciamos um trabalho de descentralização das atividades da galeria, aqui em São Luís. A ideia é expandir a ação deste espaço cultural, além de colaborar com o desenvolvimento da função social que a arte pode exercer junto à comunidade”, finalizou Paulo Melo Sousa, diretor da Galeria Trapiche Santo Ângelo.

SOBRE O FACILITADOR

Uiran de Oliveira foi professor de cerâmica do Centro de Artes Japiaçu (CAJ) durante 12 anos, onde desenvolveu os projetos Oficinas de Criação. Lá, deu início ao Projeto “Mãos que Transformam”. Recebeu por três vezes premiação no Concurso de Arte Efêmera da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Já participou na Europa de duas feiras internacionais (2001/2002 – Milão, na Itália) e em 2005 e 2006, em Hamburgo e Frankfurt, na Alemanha.

Prefeitura anuncia programação musical especial de Páscoa


Praça Maria Aragão será palco dos shows da ″Celebração da Vida″, na Páscoa. Foto: Fabrício Cunha

Praça Maria Aragão será palco dos shows da ″Celebração da Vida″, na Páscoa. Foto: Fabrício Cunha

A cantora e pastora Fernanda Brum e a banda Anjos de Resgate serão as grandes atrações da “Celebração da Vida”, programação especial de Páscoa preparada pela Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func). A programação acontece na Praça Maria Aragão no sábado (4) e domingo (5), às 19h e 17h, respectivamente.

A intenção é promover momentos de louvor e adoração, a partir da reflexão religiosa e celebração da ressurreição de Jesus Cristo. Além dos shows com atrações artísticas locais, a programação terá ainda missas e cultos. “A Prefeitura tem participado efetivamente de todas as datas comemorativas do calendário cultural e religioso prezados pela população da cidade. Na Semana Santa não podia ser diferente”, explica o presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Marlon Botão.

A principal atração do sábado, primeiro dia da programação, será a cantora e pastora Fernando Brum, um nome de grande repercussão na música cristã do Brasil e do mundo. Brum foi indicada para o prêmio Grammy Latino 2008 pelo trabalho “Cura-me”, coleciona mais de 12 discos de ouro e de platina do mundo fonográfico desde que estreou com apenas 16 anos de idade na década de 90. Com mais de cinco milhões de discos e dvds vendidos, Fernanda Brum tem mais de 20 anos de ministério. Em sua carreira consta pioneirismo como, por exemplo, a estreia do gospel no programa do Faustão, da Rede Globo.

No domingo (5), a programação será com a banda Anjos de Resgate. Formada por Diego Tiguez (violões e teclados), Marcelo Duarte (vocais, violões, guitarra base e teclados), Demiam Tiguez (guitarra solo, violões e vocais), Eraldo Matos (baixo e vocais) e Maikon Máximo (bateria, percussão e vocais), a banda está completando este ano 15 anos na estrada.

Por onde passa, a banda Anjos de Resgate deixa um rastro de sucesso. Mas os integrantes da banda não se afastam do principal objetivo do projeto artístico: fazer da música um instrumento de conversão para muitos corações.

Redação: Secom

Acesse:  http://www.saoluis.ma.gov.br/func

Prefeitura e MinC assinam parcerias para efetivação do projeto Rede São Luís Pontos de Cultura


O prefeito Edivaldo e o ministro da Cultura, Juca Ferreira, assinam nesta quinta-feira (26) documento de efetivação do projeto Rede São Luís Pontos de Cultura, para garantir a promoção de ações que viabilizem o acesso às políticas culturais na capital maranhense. A parceria conta também com a participação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A solenidade de assinatura será realizada no Teatro Arthur Azevedo, a partir das 14h.

Para o presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Marlon Botão, o projeto Rede São Luís Pontos de Cultura é um marco histórico relevante para a cultura de São Luís, não somente porque premiará as 40 organizações culturais de destaque, mas também porque a capital maranhense passa a integrar o Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura (MinC), além de efetivar o processo de capacitação para a formação da Rede São Luís Pontos de Cultura.

“São Luís foi a única cidade brasileira a ter autorizado pelo Ministério 40 pontos de cultura, um número significativo, o que representa um avanço nas políticas culturais do Município e na valorização das manifestações e tradições culturais de raiz da nossa cidade”, declarou Marlon Botão, ressaltando ainda que, ainda este ano, São Luís terá implementado o Sistema Municipal de Cultura.

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, antecipou os objetivos da agenda no Maranhão nesta quinta-feira (26). “Vamos intensificar as relações com o Maranhão e procurar desenvolver políticas de proteção e apoio ao governo local no sentido de preservação daquele patrimônio importante do Centro Histórico. Também vamos conversar sobre Pontos de Cultura, que é uma iniciativa importante do Ministério da Cultura no sentido de reforçar o protagonismo cultural da sociedade”, disse o ministro.

O convênio sinaliza o acréscimo de ações e investimentos do governo municipal na área da Cultura. No total, serão aplicados R$ 2,2 milhões para a execução de projetos no período de 18 meses.

O projeto Rede São Luís de Pontos de Cultura, proposto pela Prefeitura de São Luís, prevê a criação dos 40 pontos de cultura, que são espaços onde se desenvolvem atividades de preservação do patrimônio cultural imaterial, manutenção e desenvolvimento de atividades culturais de raiz, como o tambor de crioula, o bumba-meu-boi, a capoeira ou atividades que visam à preservação de expressões da cultura popular afro-brasileira, além de outras formas de expressões como as artes plásticas, cênicas e musicais, por exemplo.

A criação da Rede será executada ainda este ano pela Prefeitura de São Luís, em parceria com o Ministério da Cultura, atendendo diretamente a uma das diretrizes do plano de metas do Programa Nacional de Promoção da Cidadania e Diversidade Cultural, o Cultura Viva, sancionado pela Lei Nº 13.018, de 23 de julho de 2014. O principal objetivo do Programa Cultura Viva é a ampliação do acesso da população aos direitos culturais.

PREMIAÇÃO

A Rede São Luís de Pontos de Cultura é inovadora em relação a todo o Brasil no que diz respeito à premiação de iniciativas culturais em municípios. Na execução do projeto, dividido em duas etapas, acontecerá a publicação de editais de premiação de 40 pontos de cultura no valor de R$ 43.350 (quarenta e três mil e trezentos e cinquenta reais) para cada organização.

A segunda etapa será de capacitação, com a realização das seguintes oficinas: Oficina sobre o Programa Cultura Viva; Oficina de Cultura de Rede; Oficina de Redes Associativas; Oficina de Elaboração de Projetos Culturais e Captação de Recursos; Oficina de Comunicação Visual e Portfólios Culturais; e Oficina de Cultura Empreendedora.

PRAÇA DA ALEGRIA

Além da agenda no Teatro Arthur Azevedo, está prevista para o final da tarde a entrega da reforma da Praça da Alegria. Os profissionais que já haviam trabalhado ali por trinta anos receberão a cessão da Prefeitura para utilizar a praça com uma estrutura nova e totalmente adequada às suas necessidades de atendimento à clientela.

Acesse também: http://www.saoluis.ma.gov.br/func

Prefeitura celebra o Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo nesta sexta (27)


Programação tem início às 16h, no Cine Teatro da Cidade, com roda de conversa, performances e intervenções artísticas. Foto: Lauro Vasconcelos.

Programação tem início às 16h, no Cine Teatro da Cidade, com roda de conversa, performances e intervenções artísticas. Foto: Lauro Vasconcelos.

Dentro das Artes Cênicas, o teatro e o circo são duas das mais antigas expressões artísticas. Em São Luís, a quantidade de grupos teatrais e coletivos de teatro tem ampliado a produção artística dentro deste segmento. Com o objetivo de promover um dia de atividades em homenagem ao teatro e o circo, a Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func) e o Coletivo de Teatro/MA, vão abrir as portas do Cine Teatro da Cidade, nesta sexta-feira (27), a partir das 16h, para celebrar o Dia Mundial do Teatro e o Dia Nacional do Circo.

“Será um dia de debate, reflexão e ludicidade sobre os rumos do teatro em São Luís, o que envolve a discussão sobre políticas públicas para o setor e também vamos conhecer a atual produção de diversos grupos e coletivos de teatro”, destacou André Lobão, diretor do Cine Teatro da Cidade.

A programação começa às 16h, com a roda de conversa “Proposições para o teatro no Maranhão”, e terá a presença de representantes da Fundação Municipal de Cultura (Func), da Secretaria Estadual de Cultura do Maranhão (Secma), do Coletivo de Teatro do Maranhão, dos conselhos estadual e municipal de Cultura.

“Estamos passando por um momento de forte discussão política sobre a situação do teatro no Maranhão e o debate é necessário para tomarmos um posicionamento. Nós, do Coletivo de Teatro, elaboramos um carta com proposições e melhorias das políticas culturais para o segmento”, disse Josué Redentor, ator e produtor de teatro.

Após a roda de conversa, será a vez dos grupos teatrais apresentarem intervenções artísticas, a partir das 18h.

Nove grupos vão ocupar o Cine Teatro da Cidade com trechos de seus espetáculos. São eles: o ator Eduardo Reis, com a performance “Evoé”; o grupo Tramando Teatro, com a performance “Largo do Desterro”; o grupo Xama Teatro, com trecho do espetáculo “As Mulheres de Oslo”; a atriz Nilce Braga, com trecho do monólogo “Eles e Nós”; trecho do espetáculo “Gavetas”, do DRAO Teatro da Inconstância; a performance “Work/Partindo”, dos atores Josué Redentor e Áurea Maranhão; a performance “Ophélia”, do Núcleo Atmosfera de Dança Teatro, trecho do espetáculo “Pão com Ovo”, e apresentação do grupo “O Circo Tá na Rua”.

Serão distribuídos ingressos gratuitamente com uma hora de antecedência, antes do início dos espetáculos.

Trecho da peça "Pão com Ovo" será uma das apresentações na programação. Foto: Lauro Vasconcelos.

Trecho da peça “Pão com Ovo” será uma das apresentações na programação. Foto: Lauro Vasconcelos.

HISTÓRIA
No Brasil, a história do circo está muito ligada à trajetória dos ciganos no país. Ele aparece aqui no final do século XX, nas periferias das cidades tendo o palhaço como principal personagem.

O palhaço brasileiro, por sua vez, adquiriu características próprias. Ao contrário do europeu, que se comunicava mais pela mímica, o brasileiro era falante, conquistador e possuía dons musicais: cantava ou tocava instrumentos.

A data, 27 de março, faz referência ao palhaço Piolin, criador da primeira escola de circo do país, em 1977.

Já, o dia mundial do teatro foi instituído em 1961, pelo Instituto Internacional do Teatro (ITI), data da inauguração do Teatro das Nações, em Paris.

Acesse também: http://www.saoluis.ma.gov.br/func

Prefeitura apresenta Pontos de Cultura ao governo federal


Na próxima quinta-feira (26), o ministro da Cultura, Juca Ferreira, participará da solenidade de assinatura de parcerias e projetos firmados entre o Ministério da Cultura, a Prefeitura de São Luís e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A solenidade será realizada a partir das 14h, no Teatro Arthur Azevedo. Em pauta, dentre outras medidas, está a apresentação do projeto Rede São Luís Pontos de Cultura.

“Os pontos de cultura são um mecanismo de fortalecimento da gestão cultural. O formato do projeto que apresentaremos é pioneiro, porque premiará 40 organizações culturais de destaque, que passarão a ser pontos de cultura”, disse o prefeito Edivaldo.

A criação da Rede será executada ainda este ano pela Prefeitura de São Luís, em parceria com o Ministério da Cultura, atendendo diretamente a uma das diretrizes do plano de metas do Programa Nacional de Promoção da Cidadania e Diversidade Cultural, o Cultura Viva, sancionado pela Lei Nº 13.018, de 23 de julho de 2014. O principal objetivo do Programa Cultura Viva é a ampliação do acesso da população aos direitos culturais.

A Rede São Luís de Pontos de Cultura é inovadora em relação a todo o Brasil no que diz respeito à premiação de iniciativas culturais em municípios. Na execução do projeto, dividido em duas etapas, acontecerá a publicação de editais de premiação de 40 pontos de cultura no valor de R$ 43.350 (quarenta e três mil e trezentos e cinquenta reais) para cada organização.

O convênio sinaliza o acréscimo de ações e investimentos do governo municipal na área da Cultura. No total, serão aplicados R$ 2,2 milhões para a execução de projetos no período de 18 meses.

A segunda etapa será de capacitação, com a realização das seguintes oficinas: Oficina sobre o Programa Cultura Viva; Oficina de Cultura de Rede; Oficina de Redes Associativas; Oficina de Elaboração de Projetos Culturais e Captação de Recursos; Oficina de Comunicação Visual e Portfólios Culturais; e Oficina de Cultura Empreendedora.

PROJETO

O projeto Rede São Luís de Pontos de Cultura, proposto pela Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func), prevê a criação dos 40 pontos de cultura e ações que tenham relevância na promoção, manutenção e preservação do patrimônio cultural imaterial no Município de São Luís, além de ações transversais que envolvam formação, participação social e mobilização em rede.

Poderão participar organizações culturais sem fins lucrativos que desenvolvam atividades de preservação do patrimônio cultural imaterial, como bumba-meu-boi, tambor de crioula, capoeira, ou atividades que visam à preservação de expressões da cultura popular afro-brasileira e também formas de expressões cênicas, plásticas, musicais ou lúdicas.

Acesse: http://www.saoluis.ma.gov.br/func

Biblioteca Municipal promove programação pelo mês da mulher


Com o objetivo de promover a valorização da mulher nas relações familiares e sociais, a Biblioteca Municipal da Prefeitura de São Luís vai realizar, nos dias 21 e 27 de março, atividades de incentivo à geração de renda e roda de conversa. No sábado (21), das 9h às 11h, acontece a oficina de produção de ovos de páscoa e bombons recheados.

Ministrado pela bibliotecária Maria Lúcia Soares, o curso vai preparar as mulheres, de forma rápida e econômica, a preparar ovos de chocolate caseiros com qualidade para comercialização no mercado. As inscrições são gratuitas na portaria da Biblioteca Municipal (Rua do Correio, s/n, Bairro de Fátima).

Na sexta-feira (27), às 9:30h, haverá também uma roda de conversa com café da manhã para as mulheres da comunidade do Bairro de Fátima, na sede da Biblioteca Municipal, abordando temas como saúde e violência contra mulher. A atividade tem a parceria da Coordenadoria Municipal da Mulher.

As duas atividades integram o projeto “Março: Mês da Mulher”, promovido pela Fundação Municipal de Cultura (Func), por meio da Biblioteca Municipal José Sarney.

Mais informações pelo telefone: (98) 98893.0566

Acesse: http://www.saoluis.ma.gov.br/func